Meu filho não está se adaptando na escolinha, o que fazer?

3Palavrinhas - Meu filho não está se adaptando na escolinha, o que fazer

 

As aulas já começaram há alguns dias, porém têm crianças que ainda não se adaptaram com o início do período escolar ou com o retorno à sala de aula. Mas os papais e mamães podem ajudar para que essa adaptação seja mais rápida e tranquila. Veja as dicas:

 

– Esteja seguro! 

As bençãozinhas se espelham nos pais então, papais e mamães, demonstrem segurança. Não deixem que a ansiedade e o sentimento de culpa afetem esse momento, pois a criança pode absorver esses sentimentos e não querer ir para a aula. Lembrem-se de que a escolinha é um ótimo lugar para o seu filho(a) aprender e se desenvolver, sendo assim, expresse o quanto é bom ele(a) ir para à escola.

 

– Evite chorar perto da criança

Os pais também se sentem desconfortáveis com essa fase de adaptação, alguns até tendem a chorar junto com a bençãozinha. Mas isso pode prejudicar esse momento. Então, evite chorar perto da criança e, caso esteja incontrolável, peça para o seu cônjuge ou outra pessoa de confiança, levá-lo até a sala de aula, pelo menos durante esse período de adaptação.

 

– Peça ajuda para a escola

Se você tem confiança na escolinha que escolheu e se o seu filho está com grande dificuldade em se adaptar, peça para ficar por algumas horas diárias com ele(a). Claro, dentro das normas do local. Mas, atenção! Evite ficar muito próximo da criança e fazer as atividades juntos com ela. A sua presença será apenas para que ela se sinta mais segura.

 

– Estimule a independência

Quando a florzinha e o soldadinho de Jesus têm dificuldades em se adaptar na escolinha, é muito mais difícil deixá-lo(a) na escolinha se estiver no seu colo. Então, se o seu filho já anda, deixe-o ir andando e, de mãos dadas, entregue-o para a professora.

 

– Fale a verdade

Ao deixar a criança na escolinha não minta, dizendo que não vai embora ou saia escondido, mas seja sincero. Explique que em determinado horário você voltará para buscá-lo e cumpra com o que prometeu. Assim, ele terá confiança e conseguirá lidar melhor com o seu medo.

 

– Deixe algum item

 Se o seu filho(a) ainda for muito pequeno, ao ir para à escolinha, deixe com ele algum item que ele use em casa e transmita segurança, pode ser um brinquedo preferido, ursinho de pelúcia ou alguma mamadeira que tenha o costume de usar. Apenas peça a autorização da coordenação da escola para levar tal item.

 

Com essas simples dicas e muita conversa e carinho, o seu filho se adaptará mais facilmente. E não se esqueça de ter um momento dedicado à bençãozinha assim que ela chegar da escola. Dessa forma ela entenderá que tanto a sua casa, como a escolinha, são ótimos lugares para ela estar.