Jesus e as crianças: qual a relação de Cristo com os pequenos?

2018-07-17_CRISTO_EOS_PEQUENOS2

Jesus andava pelas cidades ensinando os seus mandamentos e princípios, e uma multidão o seguia. Até que em um determinado lugar, no meio de uma multidão, havia várias crianças. E para controlar todas aquelas pessoas, os discípulos estavam retirando os pequenos do local, mas Jesus vendo isso, pediu para que parassem e deixassem as crianças irem até Ele.

Alguns traziam crianças a Jesus para que ele tocasse nelas, mas os discípulos os repreendiam. (Marcos 10:13)
Quando Jesus viu isso, ficou indignado e lhes disse: “Deixem vir a mim as crianças, não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas. (Marcos 10:14)
Digo-lhes a verdade: Quem não receber o Reino de Deus como uma criança, nunca entrará nele.” (Marcos 10:15)
Em seguida, tomou as crianças nos braços, impôs-lhes as mãos e as abençoou. (Marcos 10:16)

Essa passagem nos mostra a linda relação que o Senhor tem com as crianças, então listamos abaixo algumas lições que podemos aprender com esse texto:

– Jesus se preocupa com as crianças

Havia uma multidão escutando Jesus, mas isso não fez com que Ele ignorasse o fato de ter crianças por perto. Ao contrário, a sua preocupação foi tanta, que Ele parou o que estava fazendo para dar atenção aos pequenos. No meio daquela multidão, as crianças poderiam passar despercebidas, mas Jesus as viu e parou tudo por conta delas, o que demonstra o grande amor de Cristo por elas. Aproveite este momento e ensine a criança sobre esse grande amor. Acesse o link (clique aqui) e cante a canção “Deus lhe tem amor”.

 – Jesus também se relaciona com as crianças

Jesus não apenas impediu que os adultos retirassem as crianças do local, mas as chamou para perto. Foi Ele que disse “Deixe vir a mim as crianças”. Isso mostra que Ele também se relaciona com as crianças. Ele não as vê de longe, mas quer aproximação, quer se relacionar com elas.

– Jesus faz das crianças uma referência

Quem convive com crianças sabe o tanto que aprendemos com elas. É a forma com que elas lidam com as dificuldades, a facilidade em descansar nos braços do pai, o amor e carinho pelo próximo. São várias situações que nos fazem aprender com elas. E Jesus foi mais profundo. Ele disse que o Reino dos Céus pertence àqueles que são semelhantes as crianças. Ou seja, ele fez dos pequenos um ponto de referência de como devemos ser para alcançar o Reino dos Céus. Ele ainda afirma que se não recebermos o Reino do Céus como uma criança, não entraremos nele. Isso comprova o valor que Jesus dá aos soldadinhos e florzinha de Jesus, ao ponto de torná-los um exemplo.

 – Jesus abençoou as crianças

Antes de continuar o que estava fazendo, Jesus abençoou as crianças. Infelizmente, muitas pessoas, inclusive os próprios pais, amaldiçoam as crianças. Seja por raiva, por menosprezo e até por brincadeiras sem sabedorias. Mas Jesus fez o oposto! Ele acolheu e abençoou as crianças. Elas são abençoadas pelo próprio Jesus! Aleluia!

Como lemos nessa passagem, Jesus demonstrou a sua importância pelas crianças. E como responsáveis diretos e indiretos, também precisamos cuidar, amar e ensinar aos pequenos o caminho que devem andar. Além disso, precisamos aprender com elas, para podermos alcançar o Reino dos Céus. Que o Senhor nos dê graça e sabedoria para não rejeitar as crianças de Sua presença, mas conduzi-las ao Seu amor!