Gideão teve fé e venceu um grande exército

 

Foto: pixabay.com.br

Foto: pixabay.com.br

Quando colocamos Deus à frente da nossa vida, não precisamos temer. É Ele quem nos protege e nos capacita para qualquer atividade. Precisamos saber que a nossa grandeza não está em nosso tamanho, riqueza, poder, inteligência ou força, mas sim em Deus. Gideão, por mais medo que tinha, acreditou no Senhor e venceu um imenso exército. Veja a história e mostre esse grande exemplo para a bençãozinha.

– Como tudo começou

Deus não se agradava das coisas más que os israelitas cometiam. Um dia, o Senhor permitiu que os midianitas, povo de Midiã, dominassem Israel. Eles invadiram, então, a região dos israelitas e destruíram tudo… os animaizinhos e plantações.

O povo de Israel ficou sem nada, com muito medo, e clamaram a Deus por socorro. Por meio de um profeta, o Senhor disse que toda aquela situação era culpa dos próprios israelitas.

– Deus escolhe Gideão

Deus é misericordioso e por sua grande compaixão escolheu um homem para livrar os israelitas dos males. Era Gideão. Ele enviou um anjo até Gideão e disse que o havia escolhido para salvar aquelas pessoas.

Gideão não entendeu e questionou o Senhor, pois a sua família era a mais pobre da região e ele o menor de sua casa. Então, Ele o respondeu: “Porquanto eu hei de ser contigo…” (Juízes 6:16a)

– Gideão convoca dez homens e desfaz o altar de Baal

O Senhor disse para Gideão separar 10 homens e destruir o altar que foi construído a Baal, um dos ídolos de seu pai e de alguns homens da região, e colocar no lugar um altar a Deus.  Ele esperou a noite chegar e fez conforme Deus havia dito.

A população ficou muito brava, e esperavam que Baal, que havia sido destruído, fizesse algo contra Gideão. Mas como ele era um falso deus, nada fez.

– Gideão luta contra um numeroso exército

Um grande exército, formado por medianitas, amalequitas e outros, estava vindo para destruir Israel. Mas o Espírito Santo se apossou de Gideão, e ele, com um som de trombeta, convocou vários homens para lutarem com ele.

Quando já estavam próximo ao acampamento do exército inimigo, O Senhor disse a Gideão que havia muitos homens e pediu para que Ele deixasse ir embora todos os que estavam com medo.

Assim, 22 mil homens foram embora e 10 mil ficaram. Mas, para Deus, o número ainda era grande e mandou muitos irem embora. Por fim, restaram apenas 300 homens para lutar contra um imenso exército.

Deus fez isso para que ninguém pudesse dizer que a vitória era pelas próprias mãos. Se não fosse o Senhor, eles não poderiam vencer aquele grande exército.

E o Senhor disse a Gideão: “Você tem gente demais, para eu entregar Midiã nas suas mãos. A fim de que Israel não se orgulhe contra mim, dizendo que a sua própria força o libertou.” (Juízes 7:2)

Deus estava com eles, e Gideão venceu os inimigos, salvando os israelitas. Quando tudo acabou, a terra ficou em paz por 40 anos, durante a vida de Gideão.

Deus é mesmo poderoso e usa aqueles que acreditam nEle. Agora, converse com a bençãozinha sobre as lições que podemos aprender com Gideão.