Especial Dia das Mães: Veja 5 coisas que mudam com a maternidade!

Dicas - Mães

A maternidade é um dos momentos mais lindos para as mulheres, pois, assim como está nas sagradas Escrituras, os filhos são herança do Senhor. Mas o que muda quando as mulheres se tornam mães? Isso é uma experiência
pessoal, mas há 5 coisas que alteram com o nascimento do filho(a). Veja abaixo se com você também foi assim:

 

1 – Você aprende a amar incondicionalmente

Ao se tornarem mães, todas descobrem o amor mais intenso. Diferente de todos os outros tipos de amor, o amor de mãe é incondicional! E isso não quer dizer que ele anula os outros sentimentos, mas é ele que impulsiona as
mamães a fazerem tudo pelos filhos, desde de acordar durante as madrugadas para ver se a bençãozinha está bem quentinha, enfrentar alguns incômodos da gestação, do parto e até mesmo da amamentação, com maior alegria e
satisfação. Pois assim como está na Bíblia, “O amor é paciente, o amor é bondoso[…]” (1 Coríntios 13:4), e isso descreve bem o amor de uma mãe.

2 – A maternidade traz superação
As mamães fazem tantas coisas impressionantes que parecem ter superpoderes. Mas isso é porque, com a maternidades, as mulheres se superam em todos os sentidos para prover o bem-estar do filho(a). Elas
superam o medo, as limitações físicas, emocionais, dificuldades, o cansaço… tudo! E até mesmo aquelas que pensam que não vão conseguir passar por alguns obstáculos na criação dos filhos, dão um show de superação. E isso as
tornam ainda mais admiráveis.

3 – Você descobre ter uma força surpreendente
Além da superação, as mulheres quando se tornam mães, descobrem que são muito mais fortes do que imaginavam. É uma força instintiva para o bem maior que é cuidar do seu filho. Algumas até se comparam como leoas, pois conseguem uma força extra para dar conta de fazer as inúmeras atividades do dia e mesmo assim, oferecer colo e proteção, tudo com muito amor. E apesar da insegurança de muitas mamães, todas têm esse fardo de força máxima que é perceptível ao vê-las no exercício da maternidade.

4 – As mulheres aprendem a ter mais empatia
Empatia é se colocar no lugar do outro. É tentar compreender suas emoções e sentimentos, e isso faz com que as pessoas julguem menos, façam mais bem ao próximo e se dispõe pela causa do outro. E uma característica das mamães é ter empatia. Elas tendem a se colocar no lugar de outras mamães, sabem reconhecer as dificuldades e sempre estão dispostas a ajuda e isso reflete muito com o que está escrito em 1Pedro 3:8: “[…] sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, cheios de amor fraternal, misericordiosos, humildes”.

5 – Ao se tornar mãe, as prioridades mudam
Com o nascimento do filho, muita coisa muda, inclusive as prioridades. Quase que de forma instintivas, as mamães alteram toda a sua listinha de prioridades para priorizar as florzinhas e soldadinhos de Jesus. Pode ser um passeio em determinado lugar, gastar o dinheiro com algum bem pessoal ou até mesmo o tempo usado em algum hobby… ao se tornar mãe, a mulher tende a deixar essas coisas no final da sua listinha e a sua atenção se volta para o filho. Essa
mudança não acontece de forma negativa, ao contrário, tudo é feito com muito amor, carinho e alegria, pois para as mamães nada é mais importante do que ver o filhinho bem.

 

As mulheres se tornam múltiplas com o nascimento do bebê. E mesmo que o filho tenha meses de vida ou já esteja bem grandinho, todas mantem a força, continuam a amar incondicionalmente e se superam constantemente para o
bem maior, que é cuidar bem do seu filho(a). E, por isso, toda a nossa admiração e homenagem às mamães. Parabéns a todas vocês! Que Deus continue dando graça e sabedoria para cada uma. Um forte abraço da
turminha!