Sem desespero! Veja como contornar a birra infantil

BIRRA_INFANTIL - 3Palavrinhas

É comum que em algum momento durante a infância, principalmente aos dois anos de idade, a criança faça birra, como chorar de forma descontrolada, gritar, lançar bem longe os seus brinquedos e até mesmo se jogar no chão e espernear. Isso porque as bençãozinhas não têm maturidade o suficiente para lidar com os seus sentimentos e, em uma situação de insegurança, podem ter esse tipo de comportamento. Além disso, elas também podem fazer isso ao entender que é uma forma de conseguir o que querem dos pais. Mas como contornar as famosas “birras”? Veja algumas dicas:

– Mantenha a calma

Quando as crianças começam a fazer as temíveis birras, os pais ficam nervosos e tendem a perder o controle, aumentando o tom de voz e deixando o momento ainda mais tenso. Mas é muito importante, que nesses momentos os pais mantenham a calma para conseguirem tranquilizar o filho (a). Então, evite gritar, estabeleça a tranquilidade e tenha o controle da situação.

 – Identifique o motivo da birra

Nem sempre as crianças fazem birra por que estão exigindo algo que já têm ou por desobediência. Os soldadinhos e florzinhas de Jesus, assim como os adultos, também têm os seus limites físicos, e quando estão cansados, com fome ou sono, ficam mais descontrolados, chegando a birra. Sendo assim, observe se o seu filho (a) está realmente bem alimentado, descansado e se teve um bom sono, para evitar esses ataques de raiva.

– Dê atenção

Um dos motivos que podem desencadear a birra é quando os pequenos querem chamar a atenção dos pais. Desta forma, antes que isso aconteça, dê sempre atenção para o seu filho (a). Isso não significa que você deve abrir mão de toda sua rotina em prol dele(a), mas nunca deixe de interagir com a bençãozinha. Demonstre o seu amor, afeto e que está acompanhando as suas atividades.

– Tome alguma atitude

A birra é consequência de algum descontrole emocional, então, para contornar isso e evitar situações repetidas, é muito importante que a mamãe e o papai tomem alguma atitude. Se estiver em público, leve a criança para algum canto, tente acalmá-la e converse. Ajoelhe-se para ficar na sua altura, e, na linguagem que o seu filho (a) entenda, explique que determinada atitude não é legal. Mostre sua chateação quanto ao seu comportamento e peça para ela parar. Se a birra é proveniente de algo que a criança queira, evite ceder e satisfazer o seu desejo, se não, ela pode manter sempre essa atitude quando quiser algo.

– Entretenha a criança

A ausência de atividades também pode dar espaço para as birras. Então evite deixar o seu filho(a) ocioso, busque brincadeiras para distraí-lo. Uma ótima sugestão é colocar os vídeos do 3Palavrinhas, para ele dançar, cantar e se divertir. Clique aqui e confira todas as canções da nossa turminha.

Essas são algumas dicas para contornar a birra, mas lembre-se sempre que o amor e carinho é fundamental. Se você tiver uma reação negativa, provavelmente, vai piorar o quadro de birra. Porém, com determinação, empatia e muito amor, você conseguirá tranquilizá-lo e dar a segurança que o seu filho (a) tanto precisa. Além disso, nunca deixe de orar. A oração também irá acalmá-los e trará ainda mais bênçãos para a sua casa.